, ,

10/04 – Pr. Natanael – BDN Balneário Camboriú

Na última quarta (10), o Pr. Natanael (BDN Balneário Camboriú) compartilhou uma palavra no Bola Santos.

Resumo da palavra

Pessoas vinham de diversos lugares até o tanque de Betesda em busca de um milagre. Aquele tanque era um lugar de esperança porque, em determinados momentos, um anjo agitava as águas e o primeiro que mergulhasse era completamente curado. Então havia ali uma grande multidão de enfermos esperando o movimento das águas.
Ao chegar no lugar, Jesus logo nota o coxo porque ele estava tomado de perseverança, já há 38 anos estava enfermo e por diversas vezes frequentava o local em busca de um milagre.
Jesus pergunta se ele queria ser curado, mas a sua resposta não é um sim como a gente imagina, mas disse que ninguém o colocava no tanque. A verdade é que aquele homem estava esperando sempre dos outros, estava machucado com a vida. “Ninguém me ajuda, Senhor”. E essa reclamação tem muitas vezes estado em nossos lábios, estamos sempre esperando que os outros façam por nós, que os outros nos carreguem.
A realidade é que não precisamos de ninguém para nos jogar no tanque, se queremos algo, devemos correr atrás.
A pessoa quer o milagre, mas não ora, não jejua e não busca. Só aquele que está perseverando na busca tem sido observado por Jesus e na hora certa receberá o que busca.
O tanque de Betesda era um tanque de oportunidades. Todos os que eram curados nunca mais voltavam lá, assim como todos os que vêm na igreja apenas em busca de milagre não voltam mais!
Não fuja do processo. Deus pode curar hoje, mas Ele quer tratar amanhã.
Jesus fala para o coxo levantar, tomar o leito e andar. Levar a cama significava que a pessoa não deveria se esquecer de onde ela saiu.
Nessa história, apenas uma pessoa era curada e de vez em quando, mas onde Jesus está todos são curados. O Jesus do tanque está curando hoje.
Jesus pergunta para nós hoje: você quer ser curado? Que a nossa resposta seja de fé porque Deus quer fazer e nada pode impedí-Lo de agir.

 

Apresentação de criança

Consagrar os filhos a Deus é o maior presente que os pais podem dar. Filhos são herança do Senhor e flechas que Ele lança para cumprirem o Seu chamado. Trzê-los ao altar demonstra confiança em Deus e consciência de que precisam ser exemplos em tudo como pais que andam segundo a palavra, para que, ao atingir a maturidade, os filhos possam por servir o Deus de seus pais.

No dia 10 de abril, os pais Geraldo Luciano e Rosana Souza  apresentaram o Wesley, de 4  anos, ao Senhor.

A igreja Bola de Neve Santos abençoou a família.