No dia 14 de outubro, a Pra. Sheila Vianna trouxe uma palavra com o tema: “Os dois evangelhos”.

 

Passagens:

Mateus 9.35; 24.14;
Marcos 16.15;
João 10.7; 3.3; 15.14;
Lucas 13.23-24; 12.32-34;
Apocalipse 22.14.15;
Gálatas 1.6-8; 5.19-21;
Isaías 1.19-20;
Deuteronômio 28.1-2;
1 Coríntios 6.20; 15.1-2,19;
Tiago 2.19;
Jeremias 2.13;
1 João 1.5-7;
Oséias 11.4;
Filipenses 1.18-19.

Resumo da palavra

Jesus pregou o Evangelho do Reino enquanto esteve na Terra. Evangelho significa boas novas ou boas notícias e ele não é o fim, mas o meio, o veículo de comunicação que Deus escolheu para que o Reino fosse comunicado às pessoas.

Mas existe apenas UM Evangelho verdadeiro.

O Evangelho é um convite para o Reino, todo mundo pode entrar, mas nem tudo pode entrar. Algumas coisas devem ser deixadas para trás diante da Porta Estreita.

O Evangelho falso tem mantido pessoas dentro das igrejas, mas fora do Reino. Só aquele que conhece bem o que é verdadeiro não será enganado pelo que é falso.

Evangelho do Reino: produz discípulos; não muda a palavra porque Deus é o Centro, e prega uma vida com santidade.

Falso evangelho: produz religiosos; manipula a palavra e não prega a santidade.

O Evangelho é inclusivo, mas o Reino é exclusivo.

O grande desafio da Igreja hoje é conservar a fé pura e não cair em apostasia e, para isso, é necessário um poder do Alto, uma violência espiritual contra o pecado.

Que Deus nos revista desse poder!

Apresentação de criança

Na mesma noite, os pais Silvio Pereira da Silva e Aline Arraes Pereira da Silva trouxeram a pequenaStheffany Emanuella, de 4 meses, ao altar para consagrá-la ao Senhor.

Consagrar os filhos ao Senhor é assumir a responsabilidade de ensiná-los a palavra até que sejam maduros para escolher seus próprios caminhos.

A apresentação aconteceu no Bola Santos.

Veja as fotos: