, ,

02/12 – Pra. Sheila Vianna – “O caminho da porção dobrada”

No último domingo, a Pra. Sheila ministrou uma palavra com o tema “O caminho da porção dobrada”.

Resumo da palavra

Quando se fala em juízo, logo relacionamos a separação de ovelhas e bodes, mas Deus tem separado ovelhas de ovelhas.
Deus diz a Jeremias que enviaria um vento forte e esquadrinharia o coração do povo. Foi o que ocorreu em 2018. Todos enfrentaram algum vento que revelou pensamentos antes desconhecidos.
A parábola das 10 virgens não fala de bodes, mas de ovelhas e ovelhas porque todas esperavam pelo noivo, mas nem todas foram aprovadas. Precisamos ter a certeza da aprovação.

O profeta Elias recebe a missão de ungir Eliseu. Ao lançar a capa sobre ele, Elias o assume espiritualmente como alguém de quem iria prestar contas. Talvez no coração de Eliseu já existisse uma chama pelo chamado, mas o profeta veio confirmar. Deus sempre levanta alguém para confirmar o que o Pai quer.
Imediatamente, Eliseu quebra os equipamentos, queima o gado e faz uma despedida. Ele não tenta conciliar o velho com o novo, se não queimasse tudo, poderia ser tentado a retroceder.

Eliseu serviu Elias e aprendeu a ser discípulo. Por vezes, Elias tentou despedir Eliseu entendendo que ele já estava pronto, mas o discípulo estava decidido a não deixá-lo.

Eliseu pediu porção dobrada de Elias porque na lei de Moisés dizia que o primogênito tinha esse direito. Ele considerava o profeta como pai. O caminho da porção dobrada é ser filho.

Quem é filho tem visão. O vento vem provar a visão.
Encontramos também o rei Jeoaz que correu para o profeta Eliseu procurando o favor de Deus, até o chamou de pai, mas na hora de corresponder a direção não teve violência espiritual. O profeta até pegou na sua mão porque os pais podem fazer quase tudo pelos filhos, mas não podem viver por eles. O fogo no coração dos pais não move o coração dos filhos. Os filhos precisam do próprio fogo.
O vento é desconfortável, mas necessário pra trazer ordem. Legado é o que você multiplica, mesmo morto. O chamado é enquanto você vive.
Se permanecermos com a visão clara e produzindo frutos, tudo que pedirmos nos será concedido.

Apresentação de criança

Apresentar os filhos a Deus é assumir diante de todos a responsabilidade em cuidar, amar, ensinar o caminho reto do Senhor e ser exemplo em tudo para os filhos, a fim de que, ao alcançarem a maturidade, possam decidir servir o Deus de seus pais.

Com esse entendimento, a mãe Márcia Neves trouxe o filho Bernardo Neves, de 1 ano, ao altar para apresentá-lo ao Senhor no último domingo, no Bola de Neve Santos.
Na mesma noite, os pais Nívio Ferreira Jr e Carla Ouriques Ferreira trouxeram a pequena Antonella Ouriques, de 5 meses e os pais Weslley dos Santos e Marcela Jacon apresentaram o Noah Jacon Santos, de 3 meses.

Toda a Igreja testemunhou essa conduta e abençoou as famílias.