, ,

24/09 – Naomi

No último domingo (24), os pais Lawrence e Natália trouxeram a Naomi, de 4 meses, até o altar para apresentá-la ao Senhor.

Dessa forma, eles assumem o compromisso de ensinar Naomi, desde pequena, os caminhos retos da palavra com amor e sabedoria, sendo exemplos de boas obras e transbordando do fruto do Espírito, para que a menina cresça em graça e conhecimento e escolha, quando atingir a maturidade, servir o Deus de seus pais.

A Igreja Bola de Neve – Santos abençoou a família.

 

Veja as fotos:

 

[widgetkit id=12702]

, ,

20/09 – Samuel e Isac

O maior presente que uma família pode receber de Deus é um filho. Uma criança traz alegria e esperança, mas também exige responsabilidade e sabedoria.
Os pais Raphael e Clarinda decidiram consagrar seus filhos Samuel, de 7 meses, e Isac, de 3 anos, no altar do Senhor. Agindo assim, eles expressam gratidão a Deus pela confiança e assumem o compromisso de cuidar, amar e ensinar os caminhos do Reino.
A Igreja Bola de Neve não batiza crianças, mas as apresenta no templo, assim como aconteceu com Jesus.
A apresentação aconteceu no dia 20 de setembro, na igreja Bola de Neve – Santos.
Veja as fotos:
[widgetkit id=12693]
, ,

Recrie – Setembro

Na última quinta-feira (14), aconteceu mais um culto do Recrie. Quem compartilhou a palavra foi o diácono Edher com o tema “Onde estão as profecias? Para onde foram as palavras proféticas?

Segue o resumo da palavra:

 

No começo de 2017, algumas palavras proféticas foram liberadas para a nação como, por exemplo, que esse seria o ano do mover sobrenatural do poder de Deus, o ano do profético do Senhor, do poder do Espírito fluindo profundamente sobre os filhos e o do desprendimento de coisas retidas nas regiões celestiais. Outubro já está às portas e o que aconteceu de lá para cá? Da mesma forma que as palavras são recebidas, as bênçãos também precisam ser.

A verdade é que existe uma postura profética que deve ser assumida pelos recebedores das bênçãos que os diferencia de recebedores apenas de palavras.

Mesmo em meio as dificuldades, Josué recebeu uma palavra profética, assumiu a postura certa e a promessa se cumpriu. Diferente dele, muitos são despertados por Deus, recebem uma palavra, mas quando são cobrados em sua conduta empacam em razão da resistência. Existem quatro principais adversários no cumprimento das promessas: o medo, a dúvida de para onde ir, a falta de retidão e a falta de objetivo. Deus é aquele que enfatiza a força e coragem que devemos ter diante das aflições do mundo, Ele aponta o caminho, ensina que a prosperidade e retidão andam juntas e nos comissiona a conquistar as bênçãos do Reino dos Céus a força.

Na época de Josué, o maior objetivo de Deus era tirar o povo do Egito e levá-lo até a Terra Prometida, em 2017, o objetivo de Deus é qe a Igreja pregue o Evangelho a toda criatura, herde a Vida Eterna e conquiste as bênçãos retidas nos Céus.

Veja as fotos:

 

[widgetkit id=12686]