No dia 08 de janeiro, o Pb. Bruno Barreto compartilhou uma palavra com o tema: “De enganador a príncipe de Deus”.

 

Resumo da palavra

 

Só existe uma coisa melhor do que uma promessa: uma promessa realizada.
As promessas de Deus são condicionais, é preciso uma posição.
Existia uma promessa sobre Jacó que o seu irmão o serviria. Jacó nasce, o tempo passa e nada acontece.

Ele tenta dar um jeito, se faz passar pelo seu irmão diante do pai. Mas Deus não age assim.

Depois do processo, Jacó luta com um anjo que pergunta o seu nome, ao dizer Jacó, ele assume quem era e Deus muda o seu nome.

Enquanto Jacó não aceitava que ainda era Jacó, as promessas não aconteciam. O que nos transforma de enganador pra príncipe é o reconhecimento de quem somos.

Pra isso, Deus nos insere em um processo. Jacó passou por 4 fases:

1- Dependência de Deus.
Jacó foge do seu irmão Esaú pra um lugar onde faz de uma pedra um travesseiro. Ali tem um sonho e percebe que Deus está com ele. Deus nos coloca em situações desconfortáveis pra nos dizer que está com a gente.
Não importa a dificuldade, Deus te dará o suficiente pra vencer. Jacó só tinha uma pedra e era só o que precisava.
2- A unidade desbloqueia poços mais profundos. Jacó estava acostumado a andar sozinho, só que agora Deus queria uma família. Jacó vê pessoas em volta de um poço e não entende, porque na verdade só tomavam água quando todos chegassem.
Existem poços que só se desbloqueiam em unidade.
3- Jacó aprende que tudo que planta, colhe.
Pra todo Jacó tem um Labão, alguém mais esperto. Jacó enganava todo mundo até que é enganado. Mas Deus era com Jacó.
Não se desespere quando as coisas começarem a dar errado, se Deus é contigo, Ele fará.
Não adianta ir pra cima de Labão, deixe Deus ser a justiça. Se for paciente, as coisas acontecerão.

4- Jacó enxergou que toda riqueza, poder e posição não eram nada sem a paz com o seu irmão.
Aprendemos q nenhuma riqueza é mais importante do que os relacionamentos na vida.
Esaú perdoa. Só então Jacó olha pra ele mesmo e assume: “eu sou enganador”. E é nesse momento que Deus toca nele e diz: agora você é príncipe!