No dia 09 de outubro, o Pb. Bruno Alonso compartilhou uma palavra com o tema: “Ajustando o alvo”.

Resumo da palavra

Medimos o valor das pessoas por seu trabalho, seu sucesso, mas analisar a felicidade de alguém pelo quanto tem ou aparenta, mostra que precisamos ajustar o nosso alvo.⠀
O ap. Paulo falou que prosseguia para o alvo e isso lhe proporcionou muitas lutas, prisões e perseguições, mas ele resistiu porque seu alvo estava ajustado, ele sabia o que queria. ⠀
Temos gastado muito do nosso tempo com coisas que poderiam ser relevadas. É pecado? É absoluto? Não? Então vamos avançar!!!⠀

A palavra conta sobre Moisés, um homem que foi colocado quando menino em uma cesta e lançado no rio. Até que a filha de Faraó o achou e o criou como príncipe do Egito. Mas, apesar de ter toda a facilidade do Egito, Moisés não quis ficar ali porque seus olhos estavam na recompensa. Que recompensa era essa que fez com que, por amor a Cristo, ele preferisse a desonra do que o gozo do Egito? Ele descobriu que a sua recompensa estava em Deus.⠀
Moisés tinha a motivação correta diante de Faraó, todas as vezes que ele pedia que Faraó liberasse o povo, era pro povo adorar, sacrificar. Ele sabia que tinha que levar aquele povo a adorar a Deus, nunca associou a saída do Egito a Terra Prometida. Deus já te prometeu muitas coisas, mas isso não pode ser o objetivo principal, o objetivo deve ser intimidade com Deus. ⠀
Quando há intimidade com Deus, todas as aflições são suportáveis porque você tem uma certeza dentro de si que tudo coopera para o bem. Mesmo na maior tempestade há confiança que Deus está trabalhando. ⠀
Parece que nunca vai, mas uma hora vai. A forja de Deus tem produzido essa mudança maravilhosa no caráter, devemos desfrutar disso.⠀
Chegou um tempo que Deus queria se mostrar ao povo todo, mas o povo não quis, isso fala que não era prioridade deles ter um relacionamento com Deus. Eles queriam a promessa, o alvo estava desajustado. ⠀

Moisés era apaixonado pela presença. O que temos buscado mais do que a presença?⠀
Quando somos movidos pela paixão, sempre escolhemos a presença.

 

Também foi comemorado o aniversário da pastora Sheila.