No dia 10 de julho, quem compartilhou a palavra foi o Pb. Bruno Alonso, com o tema: “Discernindo o tempo e o modo – parte 2”.

Resumo da palavra

Nossa vida é baseada em decisões e por isso é tão importante discernimos o tempo e o modo. ⠀
O sucesso de uma pessoa é determinado por quanto ela tem desse discernimento.⠀
Acelerar o tempo da bênção a transforma em maldição na nossa vida.⠀

Aonde eu encontro o discernimento? A fonte é um coração sábio.⠀
A palavra hebraica para o coração no texto de Eclesiastes 8.5 significa interior do homem. Essa sabedoria não é gerada pelo homem, Deus que a coloca no seu interior. ⠀
Salomão pede a Deus discernimento, mais do que riquezas e ouro e Deus dá a ele um coração sábio.⠀

O primeiro passo para alcançar um coração sábio é ter um coração ensinável. “Ensina-me”, Moisés diz em Salmos. Quanto mais instruções pedimos a Deus, mais entendemos como funciona o Seu coração. A habilidade de ouvir requer humildade e submissão.⠀

A segunda coisa é saber contar os dias. Quando falamos de dias não contáveis, falamos de dias desperdiçados. Perdemos tempo demais com besteiras e coisas insignificantes. Quando obedecemos estamos contando os dias.⠀
Só quem obedece tem experiência com Deus.⠀

O terceiro é “contar os dias de TAL MANEIRA que alcancemos…”, essa é a mesma expressão que João usou para descrever o sacrifício de Jesus, porque Deus amou o mundo de TAL MANEIRA, ou seja, extraordinariamente.⠀
O extraordinário é acima do normal, Moisés queria contar os dias de uma maneira extraordinária. Precisamos fazer tudo de uma forma extraordinária, de todo o coração.⠀

Quando a gente pede instrução a Deus, conta os dias sabiamente e O serve de uma maneira extraordinária, Ele coloca em nós um coração sábio.⠀