No dia 18/11, o Pb. Bruno Alonso compartilhou uma palavra com o tema: O pai tá on.

 

Resumo da palavra

 

A Bíblia apresenta Deus como Pai e isso é maravilhoso porque podemos nos realacionar com Ele com esse nível de intimidade.

Porém, em momentos como esse que vivemos de crise mundial, muitos questionam essa figura paterna de Deus.
Perguntas como: “Onde está Deus diante disso? Será que Ele é Pai mesmo?” se tornam comum em dias de crise.

E por mais que a gente não saiba o porquê de muitas coisas, devemos confiar no Pai.

Se entendêssemos tudo que Deus entende, nunca precisaríamos exercitar a nossa fé nEle.

Muitos acham que Deus está OFF das causas do mundo, mas Ele continua ON, continua no controle de todas as coisas.

E quando nós mesmos questionamos a nossa vida diante de Deus? Se perguntando se Deus esqueceu de nós no meio de tantas lutas. Existe um princípio de colheita no Reino, em que colhemos o que semeamos, mas quando não encontramos uma explicação para aquele momento difícil que enfrentamos, aí é quando nos sentimos abandonados por Deus.

Diante disso, podemos murmurar ou lamentar. O caminho da murmuração leva a um descontentamento e rebeldia, já a lamentação é uma fase para a glória de Deus, que é seguida de fé em Deus, confiança de que Deus vai mudar tudo.

Jó tinha tudo e de uma hora pra outra perde tudo, sem entender nada, sem saber onde errou. Mesmo sendo reto diante de Deus, viu seus amigos o acusarem de pecado, viu sua esposa abandonar a esperança, sofreu muito.
Certo momento Deus revelou a Jó a Sua majestade, o quanto estava no controle, que Jó precisava apenas confiar.
Jó confiou em Deus e manteve a sua integridade e depois de tudo colheu grandes e maravilhosas coisas da parte de Deus!

Nunca entenderemos como Deus governa, mas podemos confiar sem medo de que Ele sabe o que está fazendo!