No dia 23 de junho, o Pr. Walmor Moreira – BDN Floripa Norte – compartilhou uma palavra com o tema: “O poder do último”.

Resumo da palavra

Deus quer que a igreja imite a fé dos pastores. A fé deles é a certeza daquilo que esperam.
Aquilo que o olho não viu, que o ouvido não ouviu e que não subiu ao coração do homem é o que Deus preparou para os que O amam, mas Deus as revelou no Espírito.
O Espírito penetra as profundezas de Deus e nelas se encontram as soluções para todos os problemas. A morada da luz só é acessível por alguém que anda no Espírito.

Como sondar o coração de Deus? A resposta é conhecendo o poder do último.
O primeiro Adão foi feito alma vivente, o último foi feito espírito vivificante. O último é aquele que vem depois de todos os outros, o final, o extremo, o que permaneceu.
Último no grego também significa segurar com firmeza, possuir uma propriedade ou riqueza, aqueles que permanecem unidos a alguém por laços de sangue, casamento, amizade, dever ou lei.
Somos noiva de Cristo, temos um laço de sangue com Ele.
Assim entendemos que Deus nos segura com firmeza, somos Sua propriedade, estamos unidos a Ele por sangue e temos afinidade com Ele porque no nosso interior está o Espirito que testifica que somos Seus filhos!
Deus escolhe o último, os que não são, os desprezados.

Que possamos ser fiéis até o fim, imitando a fé dos nossos pastores porque eles imitam a Cristo.

 

Apresentação de criança

Consagrar os filhos a Deus é o maior presente que os pais podem dar. Filhos são herança do Senhor e flechas que Ele lança para cumprirem o Seu chamado. Trzê-los ao altar demonstra confiança em Deus e consciência de que precisam ser exemplos em tudo como pais que andam segundo a palavra, para que, ao atingir a maturidade, os filhos possam por servir o Deus de seus pais.

No dia 23 de junho, a mãe Aline Lombardi apresentou o Dan e a Rubi, no altar.

A igreja Bola de Neve Santos abençoou a família.