No dia 27 de novembro, o Pr. Alexandre Sales (Bola de Neve Porto Alegre) compartilhou uma palavra em mais um culto dos Tabernáculos.

 

Resumo da palavra

O apóstolo Paulo cita 3 tipos de pessoas: o carnal, o natural e o espiritual.
O natural podemos dividir em dois: o que não tem compromisso e faz o que quer. e o que até é responsável, mas quer andar do jeito que entende que Deus quer.

Existe o carnal que é aquele que quer Jesus como Salvador, mas não como Senhor. É um religioso que não busca santidade e alguém a quem Deus não pode confiar nada.

Mas existe o espiritual, aquele que tem responsabilidades com Deus e com a Sua palavra. Que anda no Espírito, não satisfaz a carne e carrega a cruz do discipulado. É aquele que espera até o último momento Deus agir, aceita a missão e não desiste.

Deus está procurando pessoas a quem Ele possa se mostrar forte que tem o coração entregue a Ele.

Cada um deve ver como edifica. A minha resposta a tempestade mostra qual material estou usando pra edificar.
Jonas foge quando Deus o envia a Nínive porque o homem natural não entende as coisas espirituais. Muitas vezes fugimos dos confrontos, mas Deus quer elevar o nosso nível de fé desafiando o nosso eu.Jonas então começa a encarar uma tempestade no barco em que fugia, aqueles que estavam com ele começam a questioná-lo até que ele assume a sua identidade. Quem se identifica ativa a identidade.

O passo mais importante na tempestade é aceitar o preço e decidir pagá-lo, isso se chama humildade.
Lançaram Jonas no mar e a tempestade cessou. Ela nos sacode, mas no meio dela as pessoas começam a ver a nossa fidelidade a Deus.

Enquanto a tempestade interna não for resolvida, a externa não vai passar.

O ventre do peixe é o reencontro com Deus, é a rendição completa.
Deus espera sinceridade de quem está angustiado, o caráter é exercitado no quebrantamento da alma.
Deus intervém no caos quando clamamos.

Está no ventre do peixe? Comece a orar! Sentenças são mudadas quando oramos.

O que vai fazer a diferença no caos é o relacionamento com Deus.