“Vens em Paz?”



Paz. Substantivo feminino que representa, entre outros conceitos, uma relação entre pessoas que não estão em conflito; ausência de problemas, cessação total de hostilidades entre Estados, mediante celebração de acordo.

Como é ruim quando começamos o nosso dia bem e, de repente, uma notícia ou uma situação aparece e tira nossa paz. Como o dicionário diz, vem o conflito, a hostilidade, a falta de acordo. Pode ser uma situação que surge através de um

aplicativo de celular, uma notícia que chega por e-mail, um conflito no trânsito

ou até uma hostilidade no ambiente de trabalho. O fato é que, quando a paz vai embora, nós percebemos na hora.

A bíblia narra uma passagem, no livro de 2 Reis, capítulo 9, onde Jeú é separado para a missão de acabar com a influência de Jezabel sobre o reinado de Israel. O guerreiro sabia que cumprir o chamado seria difícil, mas seu foco no alvo estava claro e ele blindou sua mente para que nada frustrasse sua missão.

Assim que se aproximou de Jezreel, cidade onde morava Jezabel e seu filho Jorão, Jeú foi interceptado por um mensageiro real que lhe fez a seguinte pergunta: “Vens em Paz?”.

Durante a caminhada do cristão, mensageiros surgirão com essa mesma pergunta. O foco do povo de Deus deve ser cumprir a missão de caminhar como embaixadores do Reino na Terra.

Porém, ao longo da trajetória, mensageiros irão propor uma trégua, um acordo. E, como diz o dicionário, tentarão “interromper a hostilidade celebrando um acordo” entre os conceitos do mundo e os seus.

Para atingir a promessa, o cristão não pode interromper a hostilidade com os conceitos desse mundo. Não dá para desistir da missão em troca de um estado de ‘paz’, que vem sempre condicionada a contrapartidas. Existe, desde o Éden, uma hostilidade estabelecida, e cabe a cada um decidir de qual lado está.

Para ter paz, Jeú deveria celebrar um acordo com Jezabel. Qual seria esse acordo? Não matá-la? Receber riquezas por isso? Assumir um posto altíssimo dentro do reinado de Acabe? Não se sabe. Porque ele não fez acordo nenhum. Cumpriu a missão com louvor.

Não dá para aceitar a trégua. Identifique os mensageiros que estão ao seu redor. Perceba quando um novo mensageiro se aproximar. Foco na missão de avançar com o Reino, para, então, ter acesso à verdadeira Paz, a que vem de Deus.

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus” (Filipenses 4:7)