Fake News e Factóides

 

Não é privilégio da modernidade as fake news percorrerem o mundo confundindo muitas mentes, desde os tempos antigos elas causam contendas, dividem famílias e levam a
tomadas de decisões precipitadas. Mas, por mais comum que seja, a força e a velocidade com que as notícias falsas têm bagunçado o mundo nunca foram tão eficazes como nos dias de hoje. É só mudar de emissora de TV que você acessa uma notícia totalmente oposta a anterior; em questão de segundos algo de veracidade suspeita pode percorrer milhões de conversas de whatsapp e ser comentado em todos os lugares; em épocas políticas então se perde a conta dos duelos de fake news tentando derrubar partidos.

 

Sem analisar as fontes, pessoas têm se tornado massa de manobra de governos e autoridades, balançando em posicionamentos, caminhando de doutrinas em doutrinas,
seduzidas por quem tem um discurso melhor, não por quem fala a verdade.

 

Todos nós já acreditamos em fake news na vida, seja na infância, de que Papai Noel existia, ou que o ovo de Páscoa vinha do coelho, seja na nossa juventude, quando cremos naquele “eu te amo” do primeiro amor que seria para sempre; mas o ponto é que hoje nós ainda caímos nas fake news produzidas que o inimigo joga sutilmente na nossa mente. Se não tomarmos cuidado, nossa mente é capaz de se tornar uma máquina de fake news. Mentiras como que não vamos alcançar os nossos sonhos, que não somos capazes de fazer isso ou aquilo, que Deus não se importa, ou até mesmo rótulos nos chamando de mentirosos, egoístas, arrogantes, falsos, fofoqueiros invadem nossa mente. E sempre que uma dessas acusações nos sobrevoa é o inimigo tentando nos fazer crer e assumir essa identidade.

 

Mas essas são fake news. Somos filhos amados do Pai e se Ele se importa até com os pássaros, quanto mais com a gente. A Bíblia diz que Deus fará por nós mais do que
pedimos ou pensamos. Por mais que sejamos falhos, os nossos erros não nos definem, o que nos define é a palavra.

 

FAKE NEWS sobre nós

 

E quando as pessoas criam fake news ao nosso respeito? Para lidar com isso é só olhar pra Jesus. Ele foi alvo de muitas fakes: diziam que operava milagres pelo poder do diabo,
diziam que era um mentiroso, que Ele era João Batista, foi alvo até mesmo após ser crucificado.

 

A palavra conta que quando Jesus ressuscitou, os guardas que tomavam conta do sepulcro ficaram apavorados e foram contar aos sacerdotes. Para evitar que a notícia verdadeira de
que Jesus havia ressuscitado se espalhasse, subornaram os guardas para compartilhar Fake News: o corpo foi roubado pelos discípulos à noite enquanto dormíamos.

 

Nossa! Se fosse com a gente, com certeza, já estaríamos indo bater de frente com os guardas: que história é essa? Estou aqui, SUPER VIVO. Ou iríamos invadir uma sinagoga:
querido e amado sacerdote, o que me diz de eu estar aqui em carne e osso? Essa é a nossa justiça própria queimando no peito quando somos alvo de divulgações mentirosas.
Mas sabe o que Jesus fez pra se defender diante disso? NADA. Ele simplesmente continuou seguindo o Seu chamado e fazendo o que deveria fazer.

 

Para provar que um prédio está torto, basta construir um prédio reto ao lado.

 

Assim como Jesus, não precisamos nos preocupar em provar algo ou responder a quem nos acusa, a VERDADE é a nossa maior defesa contra a Fake News, se estamos vivendo sobre ela, então basta continuarmos construindo a obra que Deus nos designou. No final das contas, Jesus foi visto vivo por multidões e essa história verdadeira é contada e
crida até os dias de hoje, mais de 2 mil anos depois. É aquela velha história de que mentira tem perna curta, mas a verdade, ah, a verdade é duradoura.

FACTÓIDES

Além das fake news, existem as factóides, que é “semelhante, mas não o mesmo”, parece, mas não é, é a verdade distorcida, e isso é uma arma poderosa pra nos desestabilizar.
Fake news é como dizer que uma parede branca é azul, você enxerga que não é azul, a parede é branca e ponto. Você crê nisso. Mas quando se diz: a parede é branca, mas
dependendo do ponto que se olha ela tem uns traços azuis, um brilho que tonaliza a cor e reflete o céu. Isso é distorcer a verdade de modo sutil. Talvez isso gere dúvida. Se ainda for
repetido muitas vezes, talvez você realmente comece a enxergar os pontos azuis. E aí entra o trabalhar do inimigo.

Ele é o mestre em distorcer coisas. E é certo que uma meia verdade é uma mentira. C. S.
Lewis diz: “Toda mentira poderosa é baseada numa verdade.

Isso acontece quando aquilo que era absoluto na nossa vida começa a se tornar relativo. Antes eu tinha certeza que aquilo não era legal, hoje o “já não é bem assim” ou “não é pra
tanto” passam a ser cada vez mais comuns na minha mente e o fazer QUASE tudo certo começa a cair bem. Mas isso são factóides do inimigo, meias verdades pra nos fazer
tropeçar, caminhos que PARECEM muito bons aos nossos olhos, mas que são caminhos de MORTE.

Jesus foi alvo de factóides no deserto quando foi tentado pelo diabo. O diabo usou a verdade da própria palavra distorcidamente em seu favor, pra tentar mover Jesus. Ele disse
pra Jesus se lançar de um lugar alto porque de acordo com a palavra os anjos iriam guardá-lo. SIM, era verdade que os anjos iriam guardá-lo, mas era uma maquiada para que o diabo
alcançasse o seu objetivo real, então Jesus usou como arma a palavra de que não deveria tentar Deus. A arma da verdade.

Quando nós produzimos o falso

 

Mas há algo importante sobre o assunto desse texto que devemos nos atentar muito: não sermos PROPAGADORES de FAKE NEWS e FACTÓIDES.

Como dito no início, as fake news têm crescido de forma avassaladora em nosso meio, infelizmente até mesmo no meio cristão, mas devemos cuidar pra isso não estar nos nossos
lábios. Quando abrimos nossa boca pra declarar algo para alguém ou sobre alguém, sobre alguma situação, ou sobre a própria palavra, precisamos pensar com muito temor e analisar
profundamente a fonte de todas as coisas e o seu real objetivo. Todas as nossas fontes estão em Jesus, Ele é a resposta para tudo que queremos divulgar.

Não espalhem calúnias entre o seu povo. Não se levantem contra a vida do seu próximo.
Eu sou o Senhor.” – Levítico 19:16

Devo falar isso? Isso é realmente verdade? Vai edificar? É a pessoa certa pra falar? É o momento certo pra falar? Essas perguntas devem ser direcionadas a Jesus, Ele é o nosso
guia contra toda fake news. Cuidado com o que temos escrito com a nossa vida, porque é o que as pessoas têm lido em nós. É a VERDADE ou temos vivido de meias verdades?

Muitos repetem tantas vezes factóides em sua mente que passam a crer na própria mentira. Estão presos até que a verdade da palavra os liberte.
Nossas palavras devem ser como a pena de um hábil escritor descrevendo a verdade e somente a verdade, ainda que nos custe.

 

Compartilhar aquilo que tem fonte duvidosa e espalhar o que não sabemos ao certo é ser porta voz do inimigo e isso só fará de nós uma trombeta desafinada.
Se queremos produzir um som que agrada a Deus, ele precisa estar no tom da verdade.